Nessas Longas Horas

Não tenho muito a dizer sobre o momento agora. Na verdade, nem sei como consegui escrever, sem doer. Acho que é a esperança que Ele brotou em meu ser. Segue o verso Danielano de hoje... 

Janeiro

Janeiro, um mês de mudanças na minha vida.

Apesar de causar estranheza e até um certo medo, pois saímos do nosso automático, as mudanças profissionais devem (pelo menos creio assim) representar a oportunidade da busca pelo novo. São exemplos os casos de universitários se formam na terceira idade e de um rapaz que, após 19 anos, finalmente se tornou médico. 
O momento demanda paciência, serenidade, até porque no capitalismo, ninguém vive de vento ou de amor. Penso que seja importante além da busca da manutenção da renda financeira, aproveitar o momento para refletir sobre "seu lugar no mundo profissional".

Neste momento de crise, perder um posto de trabalho pode gerar dor de cabeça, prejuízos materiais e anos de uma busca sem sucesso no mercado. Por isso a reflexão e planejamento dos próximos passos deve ser assertivo e principalmente, positivo.