Poesia Danielana - Especial Final de Ano

Se existe uma grande dificuldade
há um grande Deus com você!
Acredite, é verdade.
Se você teve esse ano alguma vitória
além da dádiva da vida, 
constituída na luta e no amor
é Deus que interveio para sua glória,
dando força e atenuando a dor.
Agradeça por viver
e, enquanto viver
não se esqueça de agradecer.
Quantos irmãos
se foram nesse ano
E nunca mais estarão aqui?
Quantos "nãos"
ou atos de momento 
insanos
afastaram amigos, parentes
por eternos dias, meses e anos?
Quantas pessoas 
estão distantes
por motivos bobos
por uma fala de instante
ou por uma mágoa que nem existe mais?
Quantos litros de tristeza
ainda devemos deixar escorrer pelo ralo?
E por causa disso
quanto da beleza
ainda deixamos de viver?
Porém para Deus
sempre nos há reservado um pontual Sol
com um novo e lindo amanhecer.
Aproveite o natal e o ano novo
faça a diferença
abrace seu inimigo
nem que não seja de uma forma intensa
esqueça e vença
toda e qualquer diferença
Tente 

14 Dezembro de 2010

O que me emociona, me presenteia

Na tarde de hoje, o site oficial do falecido cantor Michael Jackson disponibilizou o clipe da primeira música do trabalho do primeiro CD póstumo do cantor, que será lançado no próximo dia 14 de Dezembro em todo o mundo. A música da qual você vai ver o clipe, "Hold My Hand" já é conhecida pelos fãs de Michael, mas agora está numa nova versão que mostra ainda mais o vocal de Michael. E conta com a participação do senegalês radicado nos Estados Unidos, Akon.
Numa sequência emocionante de imagens, a letra da música fala em darmos as mãos, e que nunca estamos sozinhos. Foi uma grande emoção para mim, espero que seja para você também. Posso considerar esse vídeo um grande presente de aniversário, pela maneira que me tocou. E a vida para mim, não é absolutamente nada sem emoção ao extremo, e quando sou levado a esses extremos fico num transe de horas, às vezes dias. Deus tem o poder disso, através da música e de vários sinais que em sua maioria nunca percebemos. Confira o Clipe de "Hold My Hand"

 

Foi ou Não Um Gênio

Penso em algum texto que possa definir a atração que Michael Jackson causava ao público, mas nada explica melhor que sua apresentação ao vivo. Cada movimento, cada passo, causador de emoção e gritos na platéia. Confira




E já que você me dá a honra da sua visita, veja como sua primeira apresentação dos passos de dança mais famosos do mundo, entre eles o Moonwalk, tomara de emoção sua primeira apresentação do álbum que, até hoje, é o maior sucesso de vendas de todos os tempos, o Thriller.

Reflita, texto de Gabriel Garcia Marques

Minha amiga Marjory, do Blog Pequeno Astrônomo, me enviou esse texto espetacular. Confira, com  introdução do Site Usina de Letras:

Esse seria um texto da despedida de Gabriel Garcia Marquez, lúcido e consciente, nos seus últimos dias de vida, vítima de um câncer linfático. Porém, alguns sites polemizam se o texto é ou não de autoria do escritor, nascido em 6 de março de 1927, na cidade de Aracataca, na Colômbia. É sabido que ele é vítima da doença desde 2000, porém pouco se sabe do estado atual do escritor, que se aposentou no dia 1º de Abril de 2009.

"Se, por um instante,
Deus se esquecesse de que sou uma marionete de trapo
e me presenteasse com um pedaço de vida,
possivelmente não diria tudo o que penso,
mas certamente pensaria tudo o que digo.
Daria valor às coisas, não pelo o que valem,
mas pelo que significam.
Dormiria pouco, sonharia mais,
pois sei que a cada minuto que fechamos os olhos,
perdemos sessenta segundos de luz.
Andaria quando os demais parassem,
acordaria quando os outros dormem.
Escutaria quando os outros falassem
e gozaria um bom sorvete de chocolate.
Se Deus me presenteasse com um pedaço de vida
vestiria simplesmente
me jogaria de bruços no solo,
deixando a descoberto não apenas meu corpo, como minha alma.
Deus meu, se eu tivesse um coração,
escreveria meu ódio sobre o gelo e
esperaria que o sol saisse.
Pintaria com um sonho de Van Gogh
sobre estrelas um poema de Mário Benedetti e uma canção de Serrat
seria a serenata que ofereceria à Lua.
Regaria as rosas com minhas lágrimas para sentir a dor dos espinhos
e o encarnado beijo de suas pétalas.
Deus meu, se eu tivesse um pedaço de vida!...
Não deixaria passar um só dia sem dizer às gentes- te amo, te amo.
Convenceria cada mulher e cada homem
que são os meus favoritos e viveria enamorado do amor.
Aos homens, lhes provaria como estão enganados
ao pensar que deixam de se apaixonar quando envelhecem,
sem saber que envelhecem quando deixam de se apaixonar.
A uma criança, lhe daria asas,
mas deixaria que aprendesse a voar sozinha.
Aos velhos ensinaria que a morte não chega com a velhice, mas com o esquecimento.
Tantas coisas aprendí com vocês, os homens...
Aprendí que todo mundo quer viver no cimo da montanha,
sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a escarpa.
Aprendí que quando um recém-nascido aperta com sua pequena mão
pela primeira vez o dedo do pai, o tem prisioneiro para sempre.
Aprendí que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo
para ajudá-lo a levantar-se.
São tantas as coisas que pude aprender com vocês,
masfinalmente não poderão servir muito
porque quando me olharem dentro dessa caixa,
infelizmente estarei morto"

Uma História Em Um Lugar Qualquer


Num belo dia qualquer, enquanto ia para o serviço, vi uma cena entristecedora. Em meio a carros que se degladiavam na pista do anel viário da cidade, a 80, 100, 120 quilômetros por hora, um pequeno cachorro marrom, vira lata, tentava sair do lugar. Seu rostinho mostrava a dor, externava a vontade de viver. Fora atropelado, estava bem machucado, mas parecia querer viver. E que esforço para viver ele fazia. Movimentava o pescoço, o impulso suficiente para que ele saísse da parte mais perigosa da pista. Motoristas olhavam e se sensibilizavam, porém deviam pensar: "vou sujar meu carro, vou perder meu tempo, logo logo ele morre mesmo, não há o que fazer". Acho que Deus nos promove a anjos, e naquele momento, ele me escolheu como salvador daquele pequeno cachorro. O cuidado para resgatá-lo e levá-lo ao hospital veterinário levou mais de uma hora. Mas valeu cada minuto, cada segundo. Desde quando o vi bem de perto, ele sentiu que eu seria seu anjo, parou de fazer força para se mexer, respirou aliviado e não tirou seus olhinhos pretos de mim. Enquanto dirigia o carro, o olhava no banco traseiro e ele compartilhava o contato. Colaborou com os exames veterinários e dormiu como um anjo assim que medicado. Dois meses depois, com uma nova casa, a de um outro anjo - de uma amiga que o adotou, Vitório sempre faz festa com as minhas visitas. Uma relação sincera, que me alimenta a alma, me emociona. Eu não sei o que Deus quis me mostrar quando cruzou nossos caminhos. O que sei é que ver aquele cachorrinho praticamente nas últimas hoje pular no meu colo é o maior presente do destino que Deus poderia me dar. Vitório hoje vive como se nada tivesse acontecido, mas é grato por tudo que ainda deve ter na memória. A nossa vida é assim, num momento, cruza os destinos, cria momentos eternos, nos torna seus anjos. 

Penso que se você se sensibilizou com essa história, talvez você também seria anjo de Deus, se visse um indefeso cachorrinho nessa mesma situação. E nesse imenso planeta, além de cachorros, existem seres humanos a espera de anjos, pessoas indefesas, mentes abandonadas, incompreendidas, largadas como Vitório estava, justamente a espera de alguém que se sensibilize. Esteja atento para ser um anjo de Deus, olhe para mais que as cercanias regionais do seu umbigo, mesmo que os "Vitórios" não achem necessário o cuidado, ajude nem que seja em orações. Há algo no olhar do ajudado que diz muito mais que Obrigado.

A Habilidade de Marcar a Vida de Uma Pessoa Para Sempre

Todos temos, em algum momento de nossa vida, o nosso grande sucesso. Aquela atitude que encanta, conquista, às vezes determina sua passagem por aqui. Pelo menos todos buscamos isso. O problema é que, às vezes, temos diversos grandes momentos em nossa vida, que são registrados pelos outros, mas são imperceptíveis a nós mesmos. Eu sou um exemplo desse tipo de gente. Mas esse é tema para uma outra postagem, ou não...
Existem algumas pesssoas que espalham esse encanto, esse grande sucesso seguidas vezes, para uma multidão de pessoas, em toda a sua vida. E certamente sabem do bem que fazem. Esses eu chamo de Semi-Deuses. É um privilégio ter um entre nós. E o Brasil e a Argentina se encantaram com a presença de um mito que, aos 68 anos levou uma legião de fãs, mais de 300 mil pessoas em 4 shows em Porto Alegre, Buenos Aires, e duas vezes em São Paulo. Esse vídeo a seguir, um agradecimento de Paul McCartney a Brasil e Argentina, mostra a magia de um mito. É o que todo mundo busca ser. E pensar que, num momento da música, celebrávamos uma meteórica parceria desse mito Paul com outro mito, que infelizmente não está entre nós, um tal de Michael Jackson, o Rei do Pop. Confira o vídeo de agradecimento de Paul McCartney...
 

Dia Mundial da Aids

Hoje, primeiro de Dezembro, comemora-se o dia e o início de um mês de combate ao preconceito e conscientização da prevenção ao vírus da Aids. Todo o ano os números mostram que o trabalho de informação e massificação da prevenção tem que ser intensificado. Os grupos de risco não são, há tempos, a única preocupação. Mulheres de maridos irresponsáveis e infiéis entraram para a média dos casos. Outra questão é o respeito. O preconceito com o portador do vírus segue oriundo de um medo da falta de informação, como se você respirasse o mesmo ar de um doente e corresse o risco de ser infectado. No dia de hoje, esse simpático laço, símbolo da campanha, mostra que todos devemos ser laçados - pela informação e pelo pouco de humanidade que ainda resta em todos nós. A Aids não escolhe e nem nunca escolheu em que corpo quer morar, mas você tem que ter responsabilidade pelo que deixa entrar em seu corpo, pois a Aids pode ser um visitante invisível, indesejado e pior, ainda fatal mesmo com os avanços da medicina. Nessa categoria, entra a prevenção das diversas formas existentes quando se pensa em relações sexuais, a conscientização da fraca linha entre o uso de drogas injetáveis e a ploriferação do vírus, entre outras questões como o cuidado nas transfusões de sangue. Que esse mês mostre a todos que informação nunca é pouco para enfrentar um inimigo mortal como o vírus da Aids, mas que o portador do mesmo, não deve ser segregado.

Poesia a Uma Amiga

dizem que não escolhemos nosso destino
dizem que não escolhemos
nem mesmo se seremos
menina ou menino
assim
pelos mesmos fatores
não escolhemos nossos amores
assim como nossos pais
nosso perfil
ou se gostamos mais do rosa
ou do azul anil
e nesse mundo sem fim
me dizem tanta coisa
que, dificilmente
me recordo de quem as diz
porém quando te conheci
parece que marquei o início com um x
guardei esse momento
e guardei cada palavra
cada foto que vi
cada conselho
que as vezes me revelava mais que meu proprio espelho
e eu sei da dívida que tenho com você
pois muitas vezes você me deu o chão
tirou os espinhos do meu peito
ressuscitou meu coração
sentistes a dor do meu sangue como se fosse seu
levastes meu corpo nas costas
como se fosse teu
quantos dilúvios de minha alma
seu carinho secou
quantas secas da horta da minha vida
seu cuidado comigo irrigou
e mesmo assim
eu sou o mesmo ser
cheio de defeitos
exaurido
desesperado
sofrido
as vezes desenganado
de todos os jeitos
agradeço seu apoio
de uma forma que tudo se direciona
a um imenso muito obrigado

Dedicada à minha amiga Verinha, de São Pedro

Tema Estereosom

Esse tema da Estereosom mostra um pouco do trabalho que levamos a você todos os dias. Mostrando toda a equipe, e as vendedoras do departamento comercial, o vídeo foi produzido pelo Assis Cine Foto. É claro que eu apareço lá no meio rs. Confira o vídeo e conheça mais a Estereosom. Beijos a todos!



Mais uma música de Natal que me emociona

Essa música é da minha dupla favorita, Daryl Hall & John Oates em show para a Rede Americana de TV NBC. Após um bate papo rápido, ele cantam a música Home For Christmas, que fala sobre a sensação de conexão com a família e todo o clima especial dessa época mais importante do ano. Em um dos trechos, Daryl canta, Dezembro chegando e eu me pego pensando em minha casa, com minha família, seguro minhas lágrimas. Ainda bem que ele consegue rs. Confira a música, com um dos maiores cantores, na minha opinião. Ah e quer conhecer mais sobre Daryl Hall & John Oates, clique aqui e vá ao site deles, mas antes veja o vídeo.

Beijosss e Feliz Natal


A Uma Grande Amiga que perdeu um Ente Querido

O que fazer
Quando Deus me mostra e diz
Que você nunca estará mais aqui
Como esquecer
De todos os momentos
olhares, atitudes e falas
em que me fizestes rir
Mas que hoje só me faz doer
quando vi todo o seu sofrimento
e quis que ele doesse em mim e não em você?
Como compreender
que sua partida
Não se faça tão sentida
e dolorida?
Como não me lembrar
sem chorar?
Me pergunto de onde virá o remédio
que essa dor imensa
irá derrotar...
de onde virá a força interna
ou Externa
que fará me levantar?
Talvez me surja a felicidade
como um sopro de vento
numa crença
de que, após a vida
virá a eternidade
e não há nada de você em mim que o tempo leve
ou vença
É o que me faz crer entre lágrimas
que o seu partir sofrido
nada mais é que um até breve
que me será concedido
quando aqui, eu também
tiver tudo vivido.

Dedicado à minha grande amiga e irmã de coração Elaine, pela passagem de seu Ente querido. O grande amigo sofre a dor do outro e o ajuda no caminho de volta.

Meus Pêsames e Amor a todos!

No Clima do Natal

Olá pessoal. Chegando o Natal, todo mundo se contagia pelo espírito e climas especiais dessa época no ano. É época de renovar sonhos, desejos, lembrar de momentos bons, da infância que não volta mais. E entre esses momentos, esse aqui me vem à mente simplesmente todo o Natal. O Ano é de 1984, e a música desde a minha infância é que mais me emociona quando chega esse tão esperado Dezembro, que para mim é sempre tão lindo, além do Natal, comemoro aniversário, revejo amigos, e sempre Deus me reserva algo bem surpreendente e positivo nesse mês. O Clip é antigo, mas ainda me emociona de uma tal forma que não sei descrever. A música do Grupo Wham, que tinha como vocalista o astro George Michael e a música se chama Last Christmas. A todos, um Feliz Natal de sonhos, mesmo por mais impossíveis que sejam - que todos se tornem realidade. Dedico esse clip a todos que me externaram carinho e afeto nesse ano de 2010. Amo todos vocês! Confira o Clip, deixe-se emocionar também. Ai minhas lágrimas, porque elas não me obedecem e não ficam quietas rs

Possíveis Problemas da Cirurgia Bariátrica


A cirurgia bariátrica tem seus benefícios na questão do combate a obesidade, que é considerada uma epidemia global. Ao pós-operado, um novo modo de viver tem que ser a regra, para que o emagrecimento persista e com isso, a saúde do mesmo seja preservada. Pouco antes da cirurgia, é explicado ao paciente toda a gama de riscos que ele corre ao optar por se submeter a cirurgia. Hoje eu vou trazer a você um desses riscos. 

É um texto publicado na Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e explica uma dessas situações decorrentes da opção pela cirurgia. Clique no link abaixo para saber mais sobre o texto que relata um caso de Câncer Gástrico após a chamada "Cirurgia de Redução de Estômago". 

No outro sentido, disponibilizo aqui no blog o link da Clínica Bariátrica de Piracicaba, comandada pelo competente e responsável Doutor Irineu Rasera Junior, que me operou há 3 anos e que ainda acompanha minha sequência após a cirurgia até hoje. 

Se você pensa em se submeter a cirurgia de redução de estômago, pense, reflita com sua família e converse com quem já optou por se submeter ao procedimento. Saiba como é o dia-a-dia do pós cirúrgico, como aprende-se a comer menos e como essas mudanças podem alterar o comportamento do operado.

Minha análise:
Infelizmente existem diversos subprecoceitos presentes em nossa sociedade. Algumas pessoas não gostam e deixam isso bem claro, ou não - o que é mais covarde ainda, quando em algum momento de sua vida, têm seus destinos cruzados com um gordo - Isso é fato, ainda mais se você é pobre, e isso é uma regra da sociedade, não minha. Há n exemplos  que evidenciam isso todos os dias.

Cito essa questão porque, sendo obeso, pude observar tudo de fora e ver como essa segregação acontece e é encarada de forma tão comum pela sociedade. Essa também foi uma das razões pelas quais optei pela cirurgia bariátrica, além do risco de saúde que meu sobrepeso representava, na ordem de quase 170 quilos. 

Hoje, enfrento alguns probleminhas decorrentes da cirurgia, mas nada que ainda me faça sentir arrependido de minha decisão pelo procedimento. Não contei com a maioria absoluta dos votos da minha família favoráveis à cirurgia, mas mesmo assim decidi fazê-la, repito, sem arrependimentos.

Fui excelentemente bem atendido no Hospital dos Fornecedores de Cana, e o Doutor Irineu Rasera Junior esteve presente o tempo todo, no acompanhamento pós cirúrgico no quarto e acompanha meu quadro até hoje. 

Confira os links, leia e comente aqui, se quiser, ou me mande mensagem privada



Foto: Site Dicas de Nutrição - do qual sou leitor assíduo e para o qual prestos os créditos da foto que ilustra esse post.

Poesia Danielana

no ultimo sorriso
estava a certeza
de que nada na vida
vinha sem uma legítima dureza
um arduo trabalho
de aprender-se na dor
nos atos falhos
de escalar
sem se contrapor
as árvores da incompreensão
sem quebrar seus galhos
cair, levantar
ter humildade
e dignidade
de aceitar
o que Deus mandar
e ainda se empenhar
em fazer o seu melhor a cada dia
na noite quente ou noite fria
sem a raiva que vicia
e com as experiências que não deixam a vida vazia

Foto: Raro Arco-íris "Sorridente" na Inglaterra.
Fonte da Foto: Site Earth At First (clique aqui para conhecer)

Entre Amigos

Entre o final da manhã e o início da tarde de hoje (18 de Novembro),  fui aos estúdios da Educativa FM (105,9) honrar um convite de amigos. Lá, reecontrei grandes companheiros de antigas jornadas do rádio, Marcos Ferreira e Marcelo Bandeira, produtores e apresentadores do Programa Resgate 105, que além de uma ótima programação com o melhor do flash back, tem um quadro especial de entrevista do qual tive imenso orgulho de participar.

O programa com a minha paticipação irá ao ar no dia 27 desse mês, num Sábado, a partir das 13:30. A a entrevista foi muito legal, portanto vale a pena esperar e sintonizar os 105,9 da Educativa, rádio de programação qualificada e muito querida pelos piracicabanos.

Um abraço público aos amigos da 105,9 Marcos Ferreira e Marcelo Bandeira e a toda direção da Educativa FM pelo espaço concedido. Aqui os registros fotográficos por meio de Marcos Ferreira e Bill Junior, no momento da entrevista. Obrigado a todos pelo carinho.
Eu e Marcelo Bandeira, na gravação do Resgate 105 (Nov 2010) - Foto Marquinhos Ferreira

 Marcelo Bandeira, eu e Marquinhos Ferreira na Educativa FM (Nov 2010) - Foto Bill Jr

Eu e Marcelo Bandeira (Nov 2010) - Foto Marquinhos Ferreira

Marcelo Bandeira, Eu e Bill Jr (Nov 2010) - Foto Marquinhos Ferreira

O Programa Resgate 105 acontece todos os sábados, das 13:30 às 16:30 na Educativa FM de Piracicaba, emissora da Prefeitura de Piracicaba. E você pode interagir com eles através do e-mail resgate105@gmail.com.
Links

Poesia Danielana no Início de Semana

Não há coisa melhor
Que começar a semana em paz
De ouvir uma voz doce e carinhosa
E não uma troca de tiros para ver quem é mais capaz
A disputa é só para se ver
quem mais surpreende o outro
e quem ao invés de falar
faz acontecer
E é tão bom ser bem tratado
Que parece que renasceu uma plantinha
que nem sequer havia regado
a plantinha da felicidade
que anos e anos Deus me havia negado
Mas é importante que seja assim
Nada permanece tão ruim
que não tenha fim
e uma ou outra temporada no inferno
pode ser necessária
para que se saiba
o quanto o paraíso é belo, calmo e terno

Relembrando

Volto ao ano de 2002. Nesse ano, um trabalho de cinco anos era terminado em uma das rádios mais incríveis em que já trabalhei. Esse ano marcou o fim da programação comercial da 97FM (97,1 Mhz), que foi arrendada para a mesma Igreja que comanda sua programação até hoje. Em breve vou disponibilizar aqui os áudios do útimo dia de trabalho na 97, onde apresentava junto com o Rico Veneno (hoje Onda Livre AM - 910 Khz) o Rodeio 97. Houve emoção, mas não houve desespero, porque soubemos exatamente que honramos nosso dever. A rádio se despediu de Piracicaba com um Primeiro Lugar de Audiência incontestável e que, dadas as condições do rádio de hoje, fazem desse fato algo difícil de ocorrer novamente. Ouvir isso hoje, me causa uma sensação de estranheza, pois me recordo de cada momento. Ao final do último programa do último dia, enquanto os técnicos da Igreja faziam as primeiras medições técnicas no estúdio, localizado na Alferes José Caetano, eu deu dois simpáticos afagos na mesa de som, disse "Valeu" e levantei. Ao chegar na recepção, conversei com os ouvintes, muitos em pratos, peguei na mão da menina que namorava, dei um beijo em seu rosto e saí, como se fosse voltar no dia seguinte, como se fosse apenas mais um dia de trabalho. 

Na foto acima, Rico Veneno a esquerda e eu a direita. Aguarde que em breve vou postar os áudios aqui. O mais legal é que com a graça de Deus eu cultivo ouvintes desde aquela época, mesmo tendo ido para Ribeirão Preto e Limeira. Obrigado e Beijos a todos ! 

Mensagem Forte, mas necessária

Essa mensagem foi enviada pela minha querida amiga Mônica, que auxilia direta e indiretamente causas ambientais. O vídeo a seguir é forte e alerta para a situação preocupante do aquecimento global da Ong Quercus. A mensagem final é "Se nós desistirmos, eles desistirão". Impossível não ir às lágrimas.

Beijos Mô, e parabéns pela luta menina! Espalhe essa idéia.


Poesia Danielana

Consegui detectar sua voz
Entre todos os mais altos sons
Consegui rastrear seu rosto
Entre todos os tipos de cor e tons
Há mais que um contato visual numa pista
Não há entreposto
É uma conexão
Há um olhar
que me fita
e também me despista
de uma mulher
simpática e bonita
tudo sem explicação
eu sei.
Dessa vez
Tudo pode correr devagar
Há uma corda chamada atração
Que vai te trazer aqui
Sem exageros
ou qualquer exacerbação
Para que desespero?
Enquanto as músicas passam
Nossos olhares se embasam
Numa ponte de curiosidade
que mesmo à distância
Me une a você
e que anseia tranquilamente pela verdade
Chega uma hora
Que os olhares estão perto
é o momento certo
em que a música
e tudo mais ali
deixa de importar
De perto dá vontade de te dizer
como é linda
No primeiro abraço a ti
queria te dizer, bem vinda
No primeiro beijo
Como foi bom ter te visto aqui
São os acasos de destino
Das situações inesperadas
Da realidade surpreendente
às declarações apaixonadas

Dezembro de novidades sobre Michael Jackson


Acima você vê a capa no novo disco do Rei do Pop. O material que reúne apenas uma pequena parte das centenas de gravações que não foram aprovietadas por Michael em outros trabalhos será lançado no próximo mês pelo espólio que toma conta das finanças do cantor, falecido em Junho do ano passado e pela gravadora Sony Music. Segundo o Site G1, o primeiro single de Michael leva o título "Breaking news" e é esperado que esteja disponível a partir de segunda-feira, no site do cantor. E um trecho da faixa será revelado ainda hoje. Especula-se que Michael tenha deixado mais de 300 músicas prontas e outras 500 em fase final de produção. Ninguém pode dizer que ele não gostava de gravar. Esse é só mais um dos mistérios que envolvem a vida de um dos maiores cantores de todos os tempos.

Agora sim posso falar


Agora sim, com novo presidente eleito, dá para comentar algo sem passar o receio de alguma censura política, pois é assim que encaro a limitação de comentários imposta aos radiocomunicadores. Também não abordei o assunto anteriormente porque nunca quis que esse blog passasse perto de algum termo político. E assim ele vai seguir. O comentário de agora é sobre a engenharia da produção dos horários políticos para o rádio e a postura do brasileiro daqui em diante. Pouquíssimas pessoas das quais conversei em off no período pré-eleitoral revelavam um possível voto na candidata do PT, agora eleita presidente, Dilma Rousseff. As pesquisas do segundo turno não tiveram erros tão graves como no primeiro turno e a vitória de Dilma se confirmou com pouca diferença do previsto pelos institutos de pesquisa, e os descontentes julgaram que Dilma se elegeu apenas com base dos beneficiados do Bolsa Família, o que primeiro não é verdade e em segundo lugar é improcedente, pois diversos "esclarecidos" da sociedade, personalidades  da cultura brasileira declararam o voto na candidata do PT.

No Rádio e na TV
Com todo respeito aos profissionais que prestaram serviços às campanhas dos dois oponentes na disputa pelo cargo de presidente, ficou clara, ao menos em minha opinião a melhor escolha de repertórios, vinhetas, jingles e mesmo as falas dos horários eleitorais do Partido dos Trabalhadores. No rádio, uma linguagem simples, uma comunicação alegre, dinâmica e todos os itens, literalmente com a cara do rádio, da comunicação popular. Pelo lado do oponente, uma linguagem mais culta, o  que transparecia uma soberba, por mais que o candidato Serra tentasse parecer mais simpático que o de costume. Aliás, nenhum dos candidatos começou mostrando muito os dentes de maneira natural, pelo menos no início do horário eleitoral e dos debates. Outro erro gravíssimo na minha opinião foi o uso por parte da campanha de Serra, para o rádio, de um apresentador com um tom de voz semelhante, para não dizer caricata, do presidente Lula. É uma associação não recomendável, além de perda de tempo tentar "bater" em um presidente com 80% de aprovação. Na TV, a qualidade da produção ficou ainda mais evidente.

Não se pode dizer que uma ou outra coisa foi o diferencial da eleição de Dilma. Está certo e isso todos sabem que ela se elegeu pelo gigante padrinho político, somado a uma mácula de privatizador, que de certa forma injusta foi atribuída unicamente aos governos do PSDB.

Até o momento Dilma surpreendeu. Compareceu aos principais canais de televisão, garantiu a liberdade total de imprensa, e ainda não esqueceu os compromissos de campanha. 

Ao PSDB, o momento é de apagar as crises internas, diminuir a soberba e aprender a ser oposição. Ainda há de se valorizar a força do partido através de seus nomes em São Paulo, Geraldo Alckmin, e Minas Gerais, Aécio Neves, esse último o próximo candidato do partido para Presidência. 

Independente da minha escolha nas urnas, que não foi para a candidata eleita, sorte a Dilma Rouseff. Que ela consiga colocar em prática todos seus projetos e que o Brasil cresça rumo a tão sonhada e distante sustentabilidade, sem ficar a mercê do mercado e dos investidores internacionais. 

Foto: Serra e Dilma - Credito da Foto: Clique Aqui

Mais um e-mail enviado por ouvinte

Esse é mais um e-mail especial que me foi enviado pela grande amiga e ouvinte Luisa, de Tietê, e mostra o valor da amizade, em todos os momentos. Reflita assim como eu refleti. Ouvintes especiais e grandes amigos me enviam coisas tão especiais que me sinto no feliz dever de publicá-los. Confira


 "Amigo é coisa pra se guardar...

 Um filho pergunta à mãe:
 - Mãe, posso ir ao hospital ver meu amigo? Ele está doente!
 - Claro, mas o que ele tem?
 O filho, com a cabeça baixa, diz:
 - Tumor no cérebro.
 A mãe,  furiosa, diz:
 -E você  quer ir lá para quê? Vê-lo morrer?
 O filho lhe dá as costas e vai...
 Horas depois ele volta vermelho de tanto chorar, dizendo:
 - Ai mãe, foi tão horrível, ele morreu na minha frente!
 A mãe, com raiva:
 - E agora?! Tá feliz?! Valeu a pena ter visto aquela cena?!
 Uma última lágrima cai de seus olhos e, acompanhado de um sorriso, ele diz:
 - Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer:
  ' - EU TINHA CERTEZA QUE VOCÊ VINHA! '

 Moral da história:
A amizade não se resume só em horas  boas, alegrias e festas.
Amigo é para todas as horas, boas ou ruins, tristes ou alegres.
 CONSERVEM SEUS AMIGOS (as)!
O VALOR QUE ELES TÊM NÃO TEM PREÇO...
VOCÊ VALE OURO!  "

Esse foi o Momento de Reflexão dessa Sexta-Feira



Esta é a história de um alpinista que sempre buscava superar mais e mais desafios. Ele resolveu depois de muitos anos de preparação escalar o Aconcágua. Mas ele queria a glória somente para ele, e resolveu escalar sozinho sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada dessa dificuldade.

Ele começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde, porém ele não havia se preparado para acampar resolveu seguir a escalada decidido a atingir o topo.

Escureceu, e a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, e não era possível mais enxergar um palmo à frente do nariz, não se via absolutamente nada. Tudo era escuridão, zero de visibilidade, não havia lua e as estrelas estavam cobertas pelas nuvens. Subindo por uma "parede" a apenas 100m do topo ele escorregou e caiu...caia a uma velocidade estúpida, somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na mesma escuridão, e sentia a terrível sensação de ser sugado pela força da gravidade. Ele continuava caindo ... e nesses angustiantes momentos, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que ele já havia vivido em sua vida ... de repente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade . . . Shack! Como todo alpinista experimentado, havia cravado estacas de segurança com grampos a uma corda comprida que fixou em sua cintura.

Neste momento de silêncio, suspendido pelos ares na completa escuridão, não sobrou para ele nada além do que gritar:

- Ó MEU DEUS ME AJUDE !

De repente uma voz grave e profunda vinda do céu respondeu:
- O QUE VOCÊ QUER DE MIM MEU FILHO?

- Me salve meu Deus por favor! !

- VOCÊ REALMENTE ACREDITA QUE EU POSSA TE SALVAR ?

- Eu tenho certeza meu Deus.

- ENTÃO CORTE A CORDA QUE TE MANTEM PENDURADO...

Houve um momento de silêncio e reflexão. O homem se agarrou mais ainda à corda e refletiu que se fizesse isso morreria...

Conta o pessoal de resgate que ao outro dia encontrou um alpinista congelado, morto, agarrado com força com as suas duas mãos a uma corda A TÃO SOMENTE DOIS METROS DO CHÃO...

E VOCÊ, QUE TÃO SEGURO ESTÁ NA SUA CORDA,
POR QUE VOCÊ NÃO A SOLTA?

Ontem

Na noite de ontem, em mais uma volta pra casa, aconteceu algo que me deixou imensamente triste. Por volta da uma e dez da manhã, próximo a Piracicaba, comecei a ver luzas das ambulâncias e dos carros da Polícia Rodoviária ao longe, coisa de uns 4 quilômetros. Conforme fui me aproximando, fui dando conta do cenário de terror que estava aquele local. Uma marca imensa de sangue na pista, um carro em péssimas condições após uma suposta batida e o mais marcante e triste, uma vítima no canteiro central tentando ser ressuscitada por médicos, que o faziam seguidas massagens cardíacas. Não precisava ter muita informação adicional para saber que o caso era gravíssimo. As oito da manhã, a notícia no final do Bom Dia 92, através do B.O. 92 confirmava a morte do motorista e o então estado grave da outra ocupante do carro.

Tudo aconteceu depois do atropelamento de uma capivara, somado a falta do uso do cinto, o que jogou o corpo do motorista para fora do carro, exatamente onde o vi, no canteiro, conforme o repórter Juca Nastaro relatou no B.O.92. Foram apenas alguns minutos para que o acidente não fosse comigo.

E em meio a todas as divagações sobre destino, confesso que me vem um sentimento de revolta. Diante de tantos acidentes com animais, que marcam de sangue aquele trecho específico da Rodovia Rio Claro-Piracicaba, quantas mortes animais e humanas serão necessárias para que a concessionária se prontifique a colocar grades contra a entrada desses animais, afim de ao menos mostrar interesse pela vida dos usuários da rodovia? Pelo que ouvimos falar, a concessionária tem que zelar pela administração e zelo da rodovia e pela segurança dos que nela transitam, fato que anula-se quando se contabiliza uma morte na rodovia.

Não há uma semana sequer que aquele trecho contabilize em seus quilômetros uma marca de sangue. Fico ciente de que a vida nossa corre por um fio, mas quando esse fio é mais fino, pela omissão de órgãos responsáveis, eu me sinto no direito de reivindicar meu fio mais grosso.

Meus sentimentos à(s) família (s) das vítimas e meu sincero pedido de que se pense mais na vida dos motoristas que se utilizam das rodovias administradas por concessionárias. Aliás, o espaço está aberto a elas para que exerçam seu direito de resposta. A única coisa é que, há alegação e defesa quando a morte acontece? Ainda mais por uma questão sequencialmente registrada na rodovia?

Nesses casos, a omissão beira o assassinato, e omissão não deve existir no vocabulário do administrador.

Poesia Danielana


Seu telefonar a cada noite
me desejando boa viagem,
me passa mais que uma simples mensagem.
Me passa a imagem
e a certeza
de como é importante ouvir isso de alguém.
De quanto isso pra mim é de importante realeza.
Mostra que pensas em mim
e queres de verdade o meu bem.
Meço minha importancia
pela sua lembrança
em meio a agendas tão complicadas
e a vidas e situações tão inusitadas
que nos aproximaram
mesmo em meio as invernadas
e às constantes batalhas travadas,
parece que sinto você aqui
bem do meu do meu lado
conhecendo o caminho
de braço colado
e pensamento sintonizado
na sua estação
na estação da carinho
do fazer e se sentir bem
assim nunca me sinto sozinho

O Desafio do Gigante

Para Quem Pensa Grande, Grandes Desafios. É assim que é a vida de quem luta pela vitória a cada dia. É desafiadora a luta constante de colocar as idéias em ordem diante de todos os acontecimentos e das pessoas e ou acontecimentos que sempre existem para tentar te enfraquecer.
Mas, para eventuais grandes quedas, existem também as grandes voltas - alguns chamam de o renascimento da Fênix. E, por mais que as investidas alheias tentem o golpe fatal, surge uma energia guardada de onde menos se sabe ou se pode imaginar. E faz o breu se transformar no mais lindo dia de Sol. Sai a depressão insistente e dá lugar a um brilho maravilhoso das coisas. E é nesse exato momento, em que os extremos parecem tão próximos, que vale a pena se deslumbrar com o horizonte azul e novamente, respirar fundo e agradecer a Deus por nos permitir sentir um mundo tão lindo, o mundo dos justos, dos que são gigantes no planeta Terra de hoje. Ser Gigante hoje é não enganar as pessoas, não se apoderar dos seus sentimentos e não jogá-los ao vento como se fossem um papel de bala. A vida em Deus transforma o ato mais ríspido que é criado para ser um furacão numa inofensiva brisa litorânea. Para mim, Deus age de uma determinada forma, que é como se ele direcionasse nossos olhos do coração apenas para as coisas boas. Só que essa luta é eterna, sem ofensas a ninguém, mas sempre vai haver alguma alma perdida em alguma esquina, a espera de fazer você se perder também. Hoje é um dia que Deus me deu a vitória. E por isso me achei na obrigação de escrever isso. Sem provocações a eventuas oponentes que nem sei de quem se tratam. O momento é de agradecer a Deus, que transformou o calor do fogo em uma refrescância que só ele pode nos dar. Por isso, ore, não faça nada motivado pela raiva ou mesmo ódio ao próximo. Há espaço para todos os gostos e tipos de caráter nesse planeta. E eu hoje estou muito feliz por Deus ter me vacinado mais uma vez contra um deles, pouco importa quem seja. O que importa é sempre confiar em Deus a sua felcidade, sem se achar superior por isso, visto que somo todos abençoados por ele, estejamos com pensamentos congruentes ou não. As picuinhas e a necessidade de mostrar a felicidade deixo aos que têm prazer disso. Eu gosto de celebrar no meu próprio silêncio e satisfação as felicidades que só dizem respeito a mim. Obrigado meu Deus!

Poesia Danielana

Te conhecer pessoalmente
Foi o fim
de uma curiosidade sem precendente
dentro de mim
Afinal
Quando lia a genialidade dos seus textos
e a simpatia das suas palavras,
pensava comigo
"Será que ela é mesmo assim?"
Foi bom ter você tão perto
Te olhar
num olhar tão certo
Ouvir suas histórias
E confirmar
que tudo que eu imaginava
era mesmo verdade
Uma simpatia
com cultura
vivência
delicadeza, feminilidade e decência
A noite ficou iluminada
com os sorrisos que você me deu
Com seus elogios
Prencheu todos os vazios
que ainda poderiam estar em mim

Pra alegrar o final de semana

O nosso companheiro de trabalho Robson Santa Rosa fez uma animação com as fotinhas dos locutores da 92FM. O Resultado disso você confere aqui.... Claro que a foto dele ele não inseriu. Nas fotos estão os locutores Celso Melotto (Sertanejo 92), Maurício Ferraz, Fabrício Franco, e Juca Nastaro (B.O. 92), além desse humilde blogueiro (Bom Dia 92). Confira o resultado clicando no link abaixo:

http://sendables.jibjab.com/view/07AkVyqsoRzA2sxA

Olá amigos

Depois de muita correria, estou de volta às postagens. Tudo misturado a correria de sempre. E até as "produções-postagens" voltarem ao normal leva um bom tempo. Quero aproveitar também e agradecer da maneira mais sincera possível o carinho e o apoio de todas as pessoas que aguardaram ansiosas por esse retorno, em especial as seguintes almas iluminadas: Luisa de Tietê, Elaine e seu herdeiro Marquinhos de Piracicaba, Juliana (minha eterna maninha no Japão), Zildete e seu esposo, carinhosamente chamado de Padeiro, Leiriane, meus irmãos Guga em Garça e Ricardo em Santa Bárbara d´Oeste, Quel também de Santa Bárbara, Luciana de Cuiabá, a fã de astronomia e grande amiga Marjory daqui de Pira, mesma cidade da Camilinha (que é uma menina que tem um futuro lindo), das Adrianas rs. De lá de Artemis, Denise, Jobair, Célia, Ariane e Djalma. E aos amigos que voltam a ter contato, como Dyego, Paula, Verinha de São Pedro, Lê, Elzi. A todas essas pessoas, o muito obrigado sincero e o desejo de que a amizade sempre permaneça.

Imagem Sensacional

No último sábado, em pleno centro de Piracicaba, olhei bem para o alto e lá estava o gigante Júpiter. Porém, algo parecia querer aparecer, mesmo que de maneira tímida ao seu lado. Ciente do que estava prestes a ver a olho nu, não pensei duas vezes em me utilizar de um binóculo. Eis que se revelou umas das imagens mais lindas que vi. Lá estavam, bem mais visíveis que a olho nu, além do gigante gasoso Jupiter, quatro de suas tantas Luas. E o que mais espanta é como ele causa força gravitacional até mesmo nas luas que parecem tão distantes. Jupiter já foi chamado de o Imã do nosso sistema solar. Graças a Deus e pelo tamanho de suas dimensões, Júpiter e o Sol são os cemitérios preferidos de cometas e asteróides que poderiam facilmente acabar com a vida aqui e mesmo com o planeta Terra. Devido ao tamanho, a atração gravitacional acaba puxando esses corpos celestes. Uma foto parece morta perto do se ver ao vivo, mas o que eu vi, é mais ou menos o que essa foto retrata... Maravilhoso. Nessa época do ano, Júpiter está mais visível no céu e suas Luas por consequência, também ficam bem mais visíveis pela oposição ao sol.

Fonte da Foto: Shoestring Astronomy by Doug Anderson

Todos temos um Gigante dentro de Nós

E nessa caminhada da vida, o Gigante tem que cruzar desafios. Escuridões que nem ele sabe se vai sair. Só sabe que não pode desistir de lutar. Golpes são os tapinhas nas costas, seguidos pelos olhares de inveja, pelas palavras covardes faladas no intocável do inaudível pelas costas, pelas palavras ásperas de alguém que só deveria ser inspiração para coisas positivas. Em alguns momentos o Gigante dentro de nós chega a dobrar as pernas, mas não cai. E mesmo com todo o peso de um mundo nas costas e por mais que todos façam tudo para cair ou nada para levantar, ele por si só levanta. Nesse momento a dor da queda judia dos joelhos, que sangram, mas a essa altura, a dor física é menos que a dor moral. E o Gigante se levanta e aprendendo a controlar a dor, o inesperado, se fortalece. Sua pele e seu corpo se revestem de uma camada grossa, que esconde o sangue que leva suas emoções e evita os desperdícios de sentimentos. O caminho do Gigante é só, é de conhecer seus limites, saber das suas dores e quando se defender ou atacar, quando correr para cima de inimigo ou fugir para se defender. O Gigante está dentro cada um. O Gigante é o dom da vida que Deus nos deu. E como está o seu Gigante? O meu está sangrando, mas está se curando enquando caminha...
Fonte da imagem: Blog Multiverso

Poesia Danielana

a dor de acreditar
qual o tamanho dessa dor
a dor de crer
de fazer um novo dia amanhecer
em que se esquece de tudo
e só se semeia amor
quando vem a chuva da mentira
e transforma em pedra barata
o que antes era safira
e como se mente hoje em dia
mente-se sem propósito
não seria mais fácil ir pelo caminho da verdade
independente da sua dureza
ou intensidade?
porque as pessoas falam tanto
e agem tão pouco
porque enganam e largam
deixam tudo tão solto
hoje não existe mais o compromisso
a palavra, e o cumprir da mesma
é algo muito difícil
alguns dizem que o sofrer é uma escolha
que fica complicada
quando se esta do lado de dentro de uma rolha
de uma garrafa lançada em alto mar
a dor de amar
te deixa assim
a mercê das marés
a agonia espera do fim
sem chão e sem pés
a próxima informação desencontrada
o próxima fábula
mal contada
a história de terror
que sucumbe
e atenta contra o amor

O que você prefere?

É incrível como mesmo ambos derrotados, brasileiros e argentinos continuam se engalfinhando. Pelo lado brasileiro, a super exposição das fotos do derrotado técnico Dyego Maradona parece um analgésico ao futebol frio e amarelado de nossa seleção no segundo tempo da derrota para a Holanda. Na análise mundial, a Argentina pode ser questionada por incompetência, prepotência, arrogância, mas não por falta de luta. E nossa seleção? E a postura dos técnicos nas coletivas? Há algo pior que um técnico ficar provocando um repórter, chamando-o de "cagão" durante boa parte da coletiva? Me refiro aos vocabulário sutil usado pelo técnico Dunga após o jogo vencido por 3 a 1 diante da Costa do Marfim. E os chiliques de Jorginho? - o auxiliar que mais apareceu em todas as participações brasileiras na Copa. Será que sua religião e sua devoção não ensinaram o valor do trabalho em silêncio?
Em campo, a Argentiva teve algum jogador expulso mesmo perdendo por 4 a 0?
O que é mais feio, mais preocupante? Derrota humilhante (concordo) por 4 a 0, mas com luta e chegada aos aplausos em seu país (como acabei de verificar nos sites a chegada da Argentina a Buenos Aires) ou a chegada cheia de confusão e xingamentos que aconteceu em São Paulo e no Rio de Janeiro por uma pequena derrota de 2 a 1?
Será que a indignação do brasileiro não residiu numa covardia da entrega de um jogo que a própria seleção entregou aos holandeses logo após o gol de empate? Qual reação o Brasil mostrou? Partiu para o meio dos holandeses ou entrou em desespero?
Pior que a postura da seleção, só mesmo a de certos grandes comunicadores modernos, como o Sr Luciano Huck que, esquecendo-se do poder de influência que tem, pois comanda um programa na maior emissora do país, despeja de maneira irresponsável e impensada toda sua ira sobre o treinador da seleção.
Atacar agora é muito fácil, mas será que sua emissora lhe deu a independência para falar isso antes? Ou ele só percebeu isso agora? Será que seu ego não lhe fez achar a voz de Deus antes de ser a voz do povo?
Sem contar que exigir desculpas não torna uma derrota mais fácil ou difícil de engolir. O próprio Luciano, no alto da sua arrogância, ainda deve uma desculpa pública ao SBT de Sílvio Santos, o grande mestre de todos os apresentadores (queira ele ou não). Para quem não se recorda, ele citou um programa da emissora de copiá-lo, como se todos os quadros do seu programa fosse originais. Que engraçado, o "Lata Velha" passava antes na MTV americana com o nome de "Pimp My Car". Há algo na TV ainda que seja original? Ele como homem da TV deveria saber mais disso do que eu. E quem criou algo original já registrou, isso é do conhecimento de todos.
Para o senhor Ronaldo, que felicidade deve ter sido não ter twitter em 2006, quando ele se apresentou mais de 20 quilos acima do seu peso ideal, algo que para um jogador como ele parece ser lenda. É mais um caso daqueles em que a frase: "Falar de fora é fácil" se encaixa perfeitamente. O bom é que agora a vida segue e o brasileiro passa a pensar em questões mais importantes como a análise séria de um candidato a presidência conforme seus interesses e anseios.

Quanta Saudade

Olá pessoal.
A saudade é grande em diversos momentos, assim como a correria e o acúmulo de responsabilidades. Em quantos momentos eu não acesso o blog e começo a digitar algo e paro. Bem, aproveito para escrever agora enquanto não surge "nenhum incêndio para apagar".

Sobre meus últimos dias, tenho a dizer que a vida vem me mostrando que o culto exagerado e maximizado a qualquer ser ou entidade é tão errôneo quanto a falta de fé. Colocar Deus em cada palavra não é o que importa em minha humilde opinião. De nada adianta venerar nosso Criador e colocar adjetivos pejorativos em outras pessoas, ou querer incessantemente mudar a individualidade dos outros através da pressão, da imposição, além dos conselhos de amigo e de irmão e de mãe.
Deus nos fez diferentes para que nos completemos, penso eu. Acredito que ter Deus no coração, mais que o blá blá blá, é atitude e não "Adjetivação". Se você tem Deus no coração de verdade, não é mencionando Seu nome a cada meia palavra, mas sim sendo um ser humano, melhor, um pai carinhoso, um filho agradecido e menos egoísta, mais cooperativo e humanitário com os outros. Ter Deus no coração é amar a todos os que ele criou, sejam eles velhos, simples, gordos, magros, etc, sem nojo, repulsa ou algo que vá nessa tendência.

Mas ainda assim, essa é apenas a minha opinião e o mundo é um tsunami de novas idéias e eu sim, me orgulho de estar aberto a novas. Mesmo porque jamais temi argumentações, pois acredito que sei falar, embora meus textos possam não ser dignos de menção em nenhuma Universidade e para mim, argumentação nunca teve conotação de briga, mas sim de evolução. Meus argumentos e idéias não são muros e sim pilares nos quais contruí minhas ideias e eu espero por muitos pilares nessa minha vida.

Mudando de assunto

A Copa premiou o modo europeu de jogar instituído por Dunga na seleção brasileira que, ironicamente foi eliminada por um time que joga da forma que os times da América do Sul jogam.

A partida entre Uruguai e Gana é daquelas que vale a pena você guardar em um DVD para mostrar aos filhos e netos. Inesquecível com fortes cenas de ação - é por um simples momento assim, que a cada 4 anos toda uma expectativa mundial se forma pela Copa do Mundo. Ai se o Brasil tivesse apenas um pouco da raça uruguaia.

Mais um assunto

Hoje na parábola do Sertanejo 92, cuja edição de sábado e apresentada por mim, o momento do Rei trouxe uma música linda, eternizada na voz de Roberto Carlos, chamada o Moço Velho, que eu faço questão de mostrar a vocês.

Ah, e independente de qualquer coisa, amo todos vocês


O Moço Velho

Roberto Carlos
Composição: Silvio César

Eu sou um livro aberto sem histórias
Um sonho incerto sem memórias
Do meu passado que ficou
Eu sou um porto amigo sem navios
Um mar, abrigo a muitos rios
Eu sou apenas o que sou

Eu sou um moço velho
Que já viveu muito
Que já sofreu tudo
E já morreu cedo

Eu sou um velho moço
Que não viveu cedo
Que não sofreu muito
Mas não morreu tudo

Eu sou alguém livre
Não sou escravo e nunca fui senhor
Eu simplesmente sou um homem
Que ainda crê no amor

Eu sou um moço velho
Que já viveu muito
Que já sofreu tudo
E já morreu cedo

Eu sou um velho, um velho moço
Que não viveu cedo
Que não sofreu muito
Mas não morreu tudo

Eu sou alguém livre
Não sou escravo e nunca fui senhor
Eu simplesmente sou um homem
Que ainda crê no amor


1 ano sem Michael Jackson


Há um ano uma notícia sacudia os sites e os meios de comunicação de todo mundo. Alguns sites, com destaque para o site americano de fofocas TMZ noticiavam que o Rei do Pop Michael Jackson tinha sido internado no Hospital de Los Angeles em virtude de um ataque cardíaco. Apesar de não acreditar em primeira instância, enquanto ouvia as notícias pelo rádio, acelerava com o objetivo de chegar o mais rápído possível a um lugar que tivesse internet. Conforme os quilômetros passavam, as notícias pioravam, dando conta da então possível morte de Michael. Por volta das sete da noite, a confirmação triste. O mundo perdia um dos maiores gênios da arte que já teve.

Hoje, um ano depois, Michael ainda vive, ainda inspira e, mesmo morto é o número 1. Já é o artista morto mais lucrativo de todos os tempos. Mas entre as notícias e a necessidade de se vender revistas e comerciais aliados a especulações e especiais de lembrança, grande parte do talento de Michael ainda não é compreendido. Penso que tudo isso será reconhecido com o tempo, desde os passos mágicos, ao profissionalismo do cantor, sem me esquecer da mágica que eram seus shows. Michael é o supra sumo de tudo que a música pode oferecer. A voz pálida tornava-se gigante quando cantava. O corpo magro e tímido se transformava num dançarino sexy e ágil quando o autofalante batia.

Os mistérios, as notícias, as polêmicas tudo levou um ser que humano a uma estratosfera que só alguns nomes conseguiram chegar perto, porém não tão longe e nem com a mesma intensidade. Michael ainda é grande e sempre será. Pena que para isso ele tenha doado sua infãncia e, por embalo toda a sua vida.

Pelo fascínio, pelo talento, Michael estará sempre em minha alma. As excentricidades de todo humano que também faziam parte dele, pois sim ele era humano, eu deixo para a imprensa especular. O lance é saber que na música e na dança, o mundo parou vendo e admirando Michael Jackson. Quem nos dera ter sempre mais talentos desses em outras áreas também. O importante é agradecer pelos poucos que temos, pois essas raridades é que costumam levar o rótulo de geniais, independente das mazelas pessoais - quem não as tem?

Caminhando...

Olá amigos.
Sigo numa correria intensa, fato que me impede de sempre postar aqui. Mas isso não deve ser encarado como desculpa. Na verdade, postar eu sempre quero, mas não quero fazer do blog um twitter. Quero uma conversa com textos mais densos, usar das simbologias, me expressar com a calma que uma boa comunicação demanda.

Essa mania de me esconder e me mostrar ao mesmo tempo é que me motiva nesse blog. Além, é claro, de ter a oportunidade de manter sempre esse importante contato com você. Em meio à correria, a vontade de mudar algumas coisinhas no blog - tudo ao seu tempo.

Venho aqui apenas para dizer que não me esqueço de vocês e que mesmo sem postar, é motivo de imenso orgulho saber que as pessoas seguem visitando esse blog. Não há agradecimentos que paguem essa atitude.

Já foi tarde...



Na quarta-feira passada, o treinador Adilson Batista anunciou sua saída do comando técnico do Cruzeiro. O currículo positivo no saldo de vitórias não foi suficente para apagar a decepção e pressão pelas eliminações em duas Copas Libertadores - sendo que ano passado perdeu na final, e no Campeonato Mineiro.

A saída de Adilson era fato esperado. Há tempos o treinador não conseguia mais sorrir e mostrava claramente seu descontentamento com os repórteres. Como se a imprensa fosse culpada pelos maus resultados, ou como se ele fosse tão sabedor do que faz, que sua superiodade tirasse parte de sua paciência e humildade tão características no tempo de jogador por Grêmio, Corínthians e pelo próprio Cruzeiro.

Meu desejo sincero é que Adilson treine um time de São Paulo. Será uma prova de fogo para dois lados envolvidos nessa situação: o de Adílson e o da imprensa paulista. Posso apostar que, a se julgar pela falta de educação de Adílson com a imprensa mineira, o relacionamento com os paulistas não será mais suave, pelo contrário. Vi sua despedida do time azul como desrespeitosa e digna de que ele nunca mais treine a equipe. Frases como "se é para o bem de todos e felicidade geral eu saio" soam tão idiotas que chegam a ser inconcebíveis. A culpa da saída do Adílson é dele mesmo e do seu ego, que parece ter tomado o microfone nessa coletiva de despedida. Há formas mais sutis de sair de um clube, por maior que seja a pressão ou a intenção de se demitir do mesmo. Faltou experiência, maturidade e sobrou acidez.

O apelido de professor Pardal fez jus a Adílson em diversas oportunidades, embora por outro lado confesso admirar seu estilo falante, ativo na linha lateral do campo. As invenções do treinador acabaram com a paciência do torcedor.

A saída de Adílson do Cruzeiro vai, a longo prazo, ser positiva para ambos. Assim como o atacante Kleber, já estava na hora do jovem treinador experimentar novos ares, nem tão bons quanto o das montanhas mineiras. Mas aí é uma outra história. Sigam com Deus os dois. Já foram tarde.

Tradução de uma música especial


É da Banda Roxette, e a música se chama "I don´t wanna get hurt".

Eu Não Quero Me Machucar
Em tudo que vejo você aparece comigo
De que jeito? De que jeito?
E tudo que faço envolve você também
Nós somos como um
Em minha vida houve muitas mudanças
E eu não quero ser abandonada na chuva

Eu não quero me machucar, eu fiz meu tempo
Tudo o que quero de você é conte a verdade
Eu não quero me machucar, Não mais desta vez
Eu não quero ficar cega e achar que estou caindo aos pedaços
toda vez

No meio de um sonho
você está lá para mim, Seu rosto, seus lábios
Mas não caminho que você possa contar
Porque o escondi realmente bem, tão bem
Em minha vida houve amor e mentira
E eu não preciso de outra razão para chorar

Eu não quero me machucar, eu fiz meu tempo
Tudo o que quero de você é conte a verdade
Eu não quero me machucar, Não mais desta vez
Eu não quero ficar cega e achar que estou caindo aos pedaços
Mais uma vez.

Eu não quero me machucar, eu fiz meu tempo
Tudo o que quero de você é conte a verdade
Eu não quero me machucar, Não mais desta vez
Eu não quero ficar cega e achar que estou caindo aos pedaços
Mais uma vez.

Fotos Premiadas


Essa imagem venceu o concurso anual de fotografia da National Geographic. Ela mostra a leveza do contato e da interação entre o tratador de 58 anos e seu elefante, de 60. O elefante pesa 4 toneladas.

Fonte: G1 (clique aqui para ver a matéria completa)

Sincronizando agendas

Olá pessoal.
Essas semanas foram de extrema correria. Adaptação a volta da correria nas duas rádios, depois do fim da férias, show inesquecível da Estereosom no Domingo passado, entre outras coisas, me deixaram um pouco ausente.
Nesse meio tempo, quase perco meu pen drive num copo de leite com biscoito, rsrs - mas essa história eu conto em um outro post, porque merece.

Aproveito aqui e posto um vídeo que me foi enviado por uma grande e especial amiga, a Luisa de Tietê. Uma ouvinte especial e amiga, a Luisa selecionou um vídeo e me pediu que eu postasse. Luisa, obrigado pela sugestão e pela sintonia sincera, amiga e respeitosa.

Beijos a todos!

Segue o vídeo, que mostra de que, em determinados momentos de nossa vida, não conseguimos ter a visão e nem a dimensão, a grandeza dos atos de amor que as pessoas nos fazem, de graça, só por existirmos.